Joaquina desafia competidores na abertura do SCTour 2018.

By fecasurf | 27 de agosto de 2018 | Destaque, Destaque menor, Notícias
Confirmando as previsões de frio, vento sul e mar grande, o Silverbay Florianópolis SCTour 2018 inaugurou a fase final do circuito catarinense de surf amador com ondas pesadas no domingo gelado em Florianópolis(SC).

Não poderia começar da melhor forma o SCTour 2018, reunindo os melhores surfistas amadores do sul do país na praia da Joaquina, em Floripa. O Silverbay Florianópolis SCTour 2018 abriu a série de três eventos programados até o final do ano, que coroará os campeões estaduais das 10 categorias em disputa do circuito.
A previsão apontava ondas pesadas para o final de semana (em especial no domingo). A organização decidiu finalizar as cinco categorias de base no sábado, deixando as demais para o dia seguinte.
Campeões do sábado na Joaca
A Infantil foi a primeira final a entrar na água, com três catarinenses e um paranaense, que levou a melhor na disputa. Lukas Camargo venceu a etapa lidera o ranking, seguido de Antonio Vitorino(2º), Takeshi Oyama (3º) e Gabriel Ogasahara (4º).
Na sequência, Luara Mandelli virou o resultado a seu favor no último instante pra cima de Gabriely Vasque e festejou o título da Feminino Sub12. Maria Amélia (3ª) e Luiza Rosa (4ª) completaram a final.
Anuar Chiah foi mais um paranaense que se deu bem na abertura do circuito SCTour 2018. Ele dominou a final Petiz, colocando seus adversários em combinação. Ryan Martins (2º), Kauan Carvalho (3º) e Lucas Costa (4º) fecharam a lista.
A decisão da Feminino Sub16 teve uma virada espetacular nos minutos finais. Rafaela Coelho tinha a prioridade a seu favor e liderava a bateria desde o início, quando deixou Pâmela Mel livre numa direita salvadora em sua última tentativa atrás de 2.90 pontos. A nota veio 3.10, o suficiente para Pâmela comemorar muito a vitória e a liderança do ranking.
A categoria Iniciantes fechou as finais de sábado, reunindo quatro expoentes dessa geração de catarinenses bons de surf. Léo Casal perdeu a liderança da bateria nos últimos cinco minutos para Heitor Muller, que trocou duas notas e virou o resultado a seu favor.
             Joaquina para poucos
O último dia de competição confirmou as previsões de mar pesado, e as categorias Open, Mirim, Master, Junior e Feminino Open iriam pra água, dando sequência no cronograma do evento. Por decisão dos organizadores, junto com as atletas, as baterias femininas foram transferidas para a próxima etapa do SCTour em Garopaba(SC).
As ondas mexidas pelo vento sul variaram de 6 a 8 pés (2.0 a 2.5 metros), num domingo em que a “Dona Joaquina” não estava de bom humor. Essas difíceis condições exigiram dos competidores um preparo físico diferenciado para encarar a situação.
A sequência de finais começou com a Master. “Estava quase chegando no outside, quando uma da série quebrou na minha cabeça e me arrastou em direção da beira, próximo ao costão”, disse Raphael Becker, que se inscreveu na última hora para o evento.
Ele venceu a categoria escolhendo bem suas ondas após o “sacode” no início da disputa. “Foi uma vitória especial, contra surfistas especiais e em condições especiais. Então dedico esse título a minha esposa, grávida do meu filho Pedro, que nascerá em novembro”, declarou o campeão.
Luiz Mendes foi um dos destaques do dia, chegando a três finais na Joaquina, além de marcar uma das melhores notas e médias do evento. A saga do surfista de Barra do Sul (SC) começou com sua bela vitória na Mirim, seguido por Artur Romão (2º), Kainan Meira (3º) e Leo Casal (4º).
Luiz Mendes permaneceu na água para a decisão Junior. Praticamente sem energia e em sua oitava bateria disputada durante o dia (ainda restava a nona em seguida), terminou na quarta posição. Léo Casal (que também chegou a três finais na etapa) foi o terceiro, com o local João Godoy colocando seu power surf em prática para finalizar a prova em segundo.
Melhor para Hedieferson Junior, que mesclou inteligência e comprometimento em situações críticas, para ficar em primeiro em sua categoria. “Impressionante a força das ondas e da correnteza. Fui para definir a bateria em duas ondas, aplicando o máximo de manobras que pudesse. A estratégia deu certo”, comentou o campeão.
Pra fechar o dia, Uriel Sposaro trocou suas notas durante toda a bateria, comandando as ações até a vitória na final Open. Marlon Klein chegou a ameaçar Uriel, mas não foi o suficiente, finalizando a prova com um excelente 2º lugar. Luiz Mendes, no limite da exaustão física, terminou em terceiro, com José Muniz, (melhor nota do evento, 8.75 tirado no 1º round Open) na quarta colocação.
Balanço final sobre a 1ª etapa do Circuito SCTour 2018.
O novo formato do circuito catarinense dividido em SCQS e SCTour rendeu elogios por parte de atletas e técnicos. “Achei interessante a criação do SCQS como uma divisão de acesso, reunindo os melhores do ranking em cada categoria para disputar os títulos estaduais no SCTour”, comentou Amaury “Piu” Pereira, ex-top brasileiro no circuito mundial nos anos 80 e 90 e técnico da atleta Rafaela Coelho, da Guarda do Embaú.
Já Reiginaldo Ferreira, presidente da Fecasurf, destacou a qualidade desta geração de surfistas catarinenses, que vem sendo trabalhada no circuito estadual. “Fomos campeões brasileiros por equipe em 2017, e estamos na liderança do circuito em 2018, com duas vitórias em duas etapas. Impressionante o nível desses atletas, que mostraram estar preparados para encarar situações extremas em campeonatos, como foi nessa etapa da Joaquina”, declarou.
A 2ª etapa do circuito será em Garopaba(SC), com o Silverbay Garopaba SCTour 2018, ainda sem data definida. Para conferir o ranking completo das 10 categorias após esta etapa deO SILVERBAY FLORIANÓPOLIS SCTOUR 2018, 1ª etapa, tem a apresentação da Fecasurf e Prefeitura Municipal de Florianópolis. Patrocínio: Mormaii, Mentawaii Dreams, Pena e Pro Ilha. Promoção: Silverbay. Apoio: Ritter, Artistúdio, Dakine, Mix Fins, Waves, ASJ (Associação de Surf da Joaquina), restaurante Pedra Careca e Restaurante Atôa na Jôa. Realização: Fecasurf.ResultadosOpen
1º- Uriel Sposaro
2º- Marlon Klein
3º- Luiz Mendes
4º- José MunizJunior
1º- Hedieferson Junior
2º- João Godoy
3º- Léo Casal
4º- Luiz MendesMirim
1º- Luiz Mendes
2º- Artur Romão
3º- Kainan Meira
4º- Léo CasalMaster
1º- Raphael Becker
2º- Alvaro Bacana
3º- Jorge Correa
4º- Guga ArrudaIniciantes
1º- Heitor Muller
2º- Léo Casal
3º- Arthur Zanella
4º- Noah Machado

Infantil
1º- Lukas Camargo 
2º- Antonio Vitorino
3º- Takeshi Oyama
4º- Gabriel Ogasahara

Petiz
1º- Anuar Chiah
2º- Ryan Martins
3º- Lucas Costa

4º- Kauã Carvalho

Feminino Sub 16
1ª- Pâmela Mel
2ª- Rafaela Coelho
3ª- Coco Ciancarulo (ARG) 
4ª- Lanai Henrique

Feminino Sub 12
1ª- Luara Mandelli 
2ª- Gabriely Vasque
3ª- Maria Amélia
4ª- Luiza Rocha

Para mais informações:
Email: contato@primepress07.com.br
Cel: (48) 99608 4847

Anuar vence na Petiz Foto: Basilio Ruy/P.P07
Lukas Camargo venceu na Infantil Foto: Basilio Ruy/P.P07
Friaca e mar pesado nesse domingo de competição na Joaquina. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Guga Arruda, 4o colocado na Master, ignorando a junção pesada da Joaquina nesse domingo durante o Silverbay Florianópolis SCTour 2018.. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Hedieferson Junior, campeão Junior da 1ª etapa do Silverbay Florianópolis SCTour 2018, em um grande momento na final de sua categoria. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Luiz Mendes foi um dos grandes nomes deste final de semana de evento na Joaquina. Esteve presente em três decisões, e venceu uma, a Mirim. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Pódio com as finalistas da categoria Feminino Sub12, Luara Mandelli foi a vencedora realizada sábado na praia da Joaquina. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Raphael Becker usou seu conhecimento local para vencer a categoria Master. Foto: Basilio Ruy/P.P07
O campeão Iniciantes Heitor Mueller. Foto: Basilio Ruy/P.P07
Pódio Open. Foto: Basilio Ruy/P.P07
O campeão da categoria  Open Uriel Sposaro ignorando a junção da Joaquina rumo ao título da etapa. Foto: Basilio Ruy/P.P07