São Chico ECO Festival QS e Pro Junior feminino

By fecasurf | 28 de setembro de 2018 | Destaque, Notícias
As etapas do QS 1500 e do Pro Junior só começam na sexta-feira, 5 de outubro, mas as atividades socioambientais serão iniciadas um dia antes na Prainha de São Francisco do Sul (SC)
As inscrições para o São Chico ECO Festival, tanto para a etapa do QS 1500 como para a decisão do título sul-americano Pro Junior, seguem abertas pelo sistema online do www.wslsouthamerica.com. O primeiro evento organizado pela embaixadora do surfe feminino na WSL South America, Marina Werneck, será disputado nos dias 5 a 7 de outubro em São Francisco do Sul, cidade histórica de Santa Catarina. As principais surfistas da América do Sul estarão se apresentando nas ondas da Prainha, onde também serão realizadas várias atividades de educação ambiental e preservação da natureza para o público.

Xandi Fontes da WSL South America e Marina Werneck

Unir esporte e ecologia! Esse é um dos pilares do projeto idealizado por Marina Werneck, que visa fomentar o crescimento e o fortalecimento da categoria no Brasil. O São Chico ECO Festival será o primeiro campeonato exclusivamente feminino da World Surf League a ser realizado em Santa Catarina. E o mais importante do Brasil esse ano para as meninas, único valendo 1.500 pontos para o WSL Qualifying Series e 1.000 para o ranking regional da WSL South America, que define a campeã sul-americana da temporada.

Além da etapa do QS 1500, que vai atrair as principais surfistas da América do Sul, como a líder do ranking sul-americano, Dominic Barona, do Equador, e até de outros continentes, a nova geração estará em peso em São Francisco do Sul. O São Chico ECO Festival também vai promover a etapa decisiva do título sul-americano Pro Junior de 2018, coroando a melhor surfista da categoria Sub-18 do continente nas ondas da Prainha e as duas classificadas para o World Surf League Junior Championship, na primeira semana de dezembro em Taiwan.

O objetivo da embaixadora do surfe feminino da WSL South America, é movimentar o surfe feminino no Brasil e em outros países da América do Sul. Uma das ações é tentar realizar mais campeonatos como o São Chico ECO Festival em outros estados do país nos próximos anos, para mais meninas seguirem na carreira de surfistas profissionais. Outra atividade do projeto de Marina Werneck que já estreou com grande sucesso, foi o SEAFLOWERS.

SEAFLOWERS – Buscando dar mais visibilidade para o surfe feminino, Marina criou um campeonato digital pela internet. Qualquer surfista poderia participar do SEAFLOWERS, postando um vídeo no Instagram e ativando suas redes sociais e amigos para votarem na sua melhor onda. As dezoito meninas com os vídeos mais curtidos, foram selecionadas para prosseguir nas outras sete fases do campeonato. A campeã da primeira temporada foi Julia Santos, que, como prêmio, embarcou com Marina Werneck e mais nove meninas para uma viagem dos sonhos nas Ilhas Maldivas.

No total, foram feitas 160 inscrições para participar do campeonato, atingindo mais de 200.000 likes e views só nos vídeos das classificadas, envolvendo um incrível número de 3.853.447 de pessoas nas redes sociais. O craque Neymar Junior foi um dos influenciadores que mencionaram o SEAFLOWERS. Foram apurados 259.212 votos e a comissão julgadora foi formada por convidados de peso, a tricampeã mundial Carissa Moore, a própria Marina Werneck, Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb, Andrea Lopes, Claudia Gonçalves, Nicole Pacelli, Teco Padaratz e Biel Garcia. A final foi entre duas Julias e a onda da Julia Santos foi considerada melhor do que a da Julia Camargo na primeira decisão do SEAFLOWERS.

Taina Hinckel representante de SC no evento

SUSTENTABILIDADE EM FOCO – Depois do sucesso do campeonato digital, Marina Werneck, que já competiu por muitos anos e tem um título sul-americano Pro Junior da WSL South America no currículo, agora vai promover o seu primeiro evento real, válido pelo Circuito Mundial. A proposta do São Chico ECO Festival é unir esporte e sustentabilidade. Uma Vila Ecológica será construída na arena do evento na Prainha, com foco em ações voltadas para a educação ambiental e preservação da Natureza. Os visitantes poderão participar e explorar, por meio de atividades, cinco pilares ambientais selecionados pelos organizadores.

Entre as linhas temáticas a serem abordadas, estão o Ecoturismo, Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Educação Socioambiental, Alimentação Saudável e a Preservação e Recuperação das Áreas de Preservação Permanente (APP) de São Francisco do Sul. “O São Chico ECO Festival é muito mais do que um campeonato de surfe. É, também, uma ação ambiental de conscientização e de ações práticas em prol do meio ambiente. O Conselho do Meio Ambiente construiu essa parceria conosco”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Gabriel Conorath.

MARES LIMPOS E MESA REDONDA – As disputas nas ondas da Prainha só começam na sexta-feira, 5 de outubro, mas as atividades ambientais do São Chico ECO Festival serão iniciadas um dia antes. Na quinta-feira, às 15h00, ocorrerá a abertura oficial do evento. Na ocasião, será formalizada a adesão de São Francisco do Sul à campanha “Mares Limpos” da ONU. A campanha, a nível mundial, promove ações para conter a maré de plásticos que invade os oceanos. Acontecerá também uma mesa redonda sobre o tema “A problemática do lixo e a gestão de resíduos sólidos nas praias brasileiras”.

O principal objetivo é apresentar e debater as experiências e os conhecimentos de múltiplos projetos que estão em desenvolvimento sobre esse assunto preocupante para o futuro do planeta, oferecendo oportunidade de interação aos alunos das escolas municipais, aos atletas e ao público presente na Prainha. Na programação do evento, as atividades de educação ambiental começam na sexta-feira pela manhã.

A Vila Ecológica será aberta às 9h00 com o posto de entrega de resíduos, as exposições, atividades educativas, exibição de filmes e documentários sobre lixo na praia, doação de mudas, etc. Às 10h00, acontece um mutirão de limpeza na Prainha e às 11h00 serão instaladas novas placas com informações socioambientais. Para fechar o primeiro dia do São Chico ECO Festival, às 18h00 haverá um show na Prainha com bandas locais. No sábado e domingo, as atividades prosseguem na Vila Ecológica juntamente com as disputas nas ondas.

O São Chico ECO Festival é o primeiro campeonato do projeto idealizado pela surfista profissional que inclusive já foi campeã sul-americana Pro Junior da WSL South America em 2007, Marina Werneck, de fomentar o crescimento do surfe feminino no Brasil. O evento será realizado com o importante apoio da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Meio-Ambiente de São Francisco do Sul.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensen, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

—————————————————————-

João Carvalho – WSL South America Media Manager

(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com

Colaboração ambiental do texto:

Amanda Branco – Prefeitura de São Francisco do Sul

(47) 3471-2224 – imprensa@saofranciscodosul.sc.gov.br