UM VERDADEIRO “BRASILEIRÃO” NA PRIMEIRA ETAPA SURF TALENTOS OCEANO VALIDA PRO SCQS FECASURF 2019

By fecasurf | 4 de fevereiro de 2019 | Destaque, Notícias

UM VERDADEIRO “BRASILEIRÃO” NA PRIMEIRA ETAPA DO CIRCUITO SURF TALENTOS OCEANO

                Com uma previsão duvidosa para São Francisco do Sul, com possibilidade de mar flat no sábado em muita chuva com vento forte no domingo, a organização do evento estava temerosa, porém, o Promoter Fred Leite assumiu a responsabilidade e confirmou o evento.

                Fred estava certo, pois sábado o dia estava lindo e rolou uma ondinha boa para as categorias de menor idade, e no domingo rolou um swell mais forte, não choveu muito até o momento do término, deu momentos até de sol, e o vento não foi tão forte quanto se temia.

                Com inscrições lotadas dois dias antes da competição, representantes de aproximadamente 9 Estados brasileiros competiram nas ondas da Prainha de São Francisco do Sul, mostrando este Circuito está cada vez mais consolidado no mundo competitivo nacional.

                Após a finalização de algumas categorias no sábado, domingo foi a vez das categorias com atletas maiores (de 14 a 18 anos). Entraram nas águas da Prainha as categorias Iniciantes, Júnior, Mirim e Feminino Open.

                Em uma final com representantes de diversos Estados, o catarinense Noah Machado levou a melhor na categoria Iniciantes, encima do Samuel Joquinha (Rio Grande do Norte), Yuri Barros (Paraíba) e Anuar Chiah (Paraná).

                Já a final da categoria Junior foi disputada somente entre catarinenses. Foi uma final muito acirrada, com “vira-vira” de última hora, determinando o seguinte resultado: 1° Hedieferson Junior; 2° Walley Guimarães; 3° Luiz Mendes; 4° Luã Silveira.

                A categoria Feminino Open ficou com a atleta local de São Chico Ana Luiza Romão, que após o término, falou que a bateria foi muito difícil e disputada. Ana deixou Yasmin Dias na segunda colocação, seguida de Kemily Sampaio e Kiany Hyakutake, respectivamente.

                Na categoria Mirim, Luã Silveira (Florianópolis) surfou muito e tirou o título das mãos do local Heitor Muller, que ficou na segunda colocação por uma diferença de 0,04 pontos. O local Artur Romão ficou em terceiro e Kayki Araújo em quarto.

                Para fomentar o surfe local de São Chico foi inserida uma categoria Local ao término das categorias do Circuito Surf Talentos. O resultado foi o seguinte: 1° Leandro da Silva; 2° David Botelho; 3° Renan Tainha; 4° Yuri Dabercow.

                No final das contas, o evento foi uma ótima comemoração dos 20 anos em que a marca Oceano Surfwear realiza eventos de surfe. Muito surfe, altas vibes, ações socioambientais, ações esportivas, musica, show, cultura surfe, etc. Um evento que proporcionou alimentação de qualidade aos atletas, por meio do Patrocinador Local Supermercados Barão. Alimentação saudável e de qualidade também é uma preocupação da Apresentadora do Circuito, a rede Mini Kalzone.

                Confira o que rolou no primeiro dia de competição (sábado) neste link: https://www.facebook.com/surftalentosoceano/posts/2263030207303953?__tn__=K-R

                O evento é realizado pela empresa Swell Eventos, com a supervisão da Associação de Surf da Prainha e da FECASURF (Federação Catarinense de Surf). Patrocinam o Circuito a marca Oceano Surfwear e a rede Mini Kalzone, com o Copatrocínio da Banana Wax; Kbral Autocenter; Sibon Charters.

                A primeira etapa do Circuito Surf Talentos Oceano 2019 tem o Patrocínio local dos Supermercados Barão e da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, como o Apoio local dos seguintes estabelecimentos: Bar e Restaurante Ta Na Onda; Bar do Banana; Restaurante Deck 66; Pastelaria Enseada; Pizzaria Canto da Pizza; Restaurante Navegador; Restaurante Rei do Frango; Harry Restaurante; Pousada Sombrero Verde; Dunas House; Pousada da Ilha.

                As ações socioambientais ficaram por conta do Projeto Keep The Ocean Blue, da Secretaria de Meio Ambiente de São Chico, da ONG EcoLocal, da empresa Carbo Brasil, Escola de Surf SURFEBEM e da Universidade UNIVILLE (Projeto de Monitoramento de Praia, Babitonga Ativa e Projeto Toninhas).

                Fotos: Marcio David