Início » Fecasurf reuniu associações de surfe para discutir pautas importantes na organização do surfe catarinense.

Fecasurf reuniu associações de surfe para discutir pautas importantes na organização do surfe catarinense.

por fecasurf
0 comente

 Nova diretoria de surfe feminino vai contar com a parceria de Tina Vilela e Jacqueline Silva

As Associações de surfe do estado reuniram-se na assembleia geral da Fecasurf, realizada na noite desta última segunda feira na sede da Fesporte para discutir e votar temas importantes para o crescimento e organização do surfe no estado.

 

Na ocasião, foram apresentadas as duas novas filiadas a Federação Catarinense de Surf, a ASBR (Associação de Surf do Balneário Rincão) e a ASNLL (Associação de Surf Nativo da Lagoinha do Leste), que a partir de agora unem-se em prol do surfe catarinense.

 

A Fecasurf, num passo muito importante, criou a nova Diretoria de Surfe Feminino em uma parceria formada entre Tina Vilela e Jacqueline Silva, umas das divas do surfe feminino brasileiro, e que por muitos anos representou Santa Catarina e o Brasil no Circuito Mundial. A dupla, que conta com muitas amigas, chega para desenvolver novos projetos, fortalecer e incentivar novas atletas na categoria feminina.

 

As Associações de surfe aprovaram em votação a participação da Fecasurf , de forma ativa, junto a outras entidades, no processo que pede a anulação da Lei que proíbe o surfe nas praias de Florianópolis durante a época da tainha.

 

As associações também discutiram e aprovaram alterações no livro de regras para competições realizados pelas afiliadas e promotores de eventos no estado. Também foi realizada uma explanação sobre as regras e sistema de inscrições do Surfing Games.

 

Encerrando a Fecasurf fez o lançamento da segunda edição da Copinha Catarinense de Surf, direcionado a molecada de base que quer começar a competir. A competição está marcada para agosto, e vem com grandes novidades. O evento será num formato escola, que busca incentivar, além de novos atletas, novos profissionais do quadro técnico da Fecasurf, como árbitros, spoters, locutores, beach marchal, entre outra funções num campeonato.

 

“Estamos compromissados e apostando forte no futuro. Hoje damos mais um passo importante rumo a organização do nosso esporte no estado. Criamos uma nova Diretoria de Surfe Feminino, que vai com certeza nos trazer bons frutos, discutimos pautas importantes, e apresentamos mais uma competição que vai agitar a geração de novos atletas no surfe catarinense”, declarou Reiginaldo Ferreira, presidente da Fecasurf.

 

 

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00