Institucional

HISTÓRICO:

Em 1980, foi fundada a ACS – Associação Catarinense de Surf, que veio a se tornar a FECASURF – Federação Catarinense de Surf no ano de 1987, tendo como finalidade o desenvolvimento, padronização de critérios e coordenação do surf no estado de Santa Catarina.

Desde então a entidade vem promovendo com invejável organização e credibilidade os Circuitos Catarinenses de Surf, tendo como principal objetivo planejar, administrar e fomentar o esporte em Santa Catarina.

A FECASURF é o órgão máximo do esporte em nosso estado, sendo, portanto, a entidade que gerencia e determina os critérios de homologação e organização de todas as competições profissionais e amadoras, definindo os padrões técnicos das competições. A Federação Catarinense de Surf é filiada à Confederação Brasileira de Surf – CBS. No cenário competitivo nacional, a FECASURF é seis vezes campeã brasileira por equipes do Circuito Brasileiro promovido pela CBS – Confederação Brasileira de Surf.

A nova diretoria da FECASURF inicia 2020 com mais de 30 associações filiadas, e outras mais em processo de filiação, que são sediadas em vários municípios do litoral catarinense, sendo que estas entidades são responsáveis pelos circuitos locais, eventos que tem a função de desenvolver, com o apoio da Federação, o surf nas comunidades, incentivando desta forma o surgimento de novos talentos.

DIRETORIA.

Para a gestão 2020/2024, o novo presidente é Renato Melo, nome bastante conhecido no surf de Santa Catarina. Renato iniciou na Fecasurf como competidor na década de 90, depois ocupou diretorias em gestões anteriores onde participou da organização de importantes eventos amadores e profissionais no estado. Foi também presidente da ASM – Associação de Surf do Matadeiro.

O vice-presidente é Jordão Bailo Junior, que vem da área técnica do surf, ele foi o primeiro juiz de surf brasileiro a julgar o Circuito Mundial da ASP, hoje WSL, e também Head Judge e Course Presenter da ISA, foi ainda técnico da Equipe Catarinense de Surfe, na conquista do primeiro título brasileiro de surf por equipes da CBS, pela FECASURF em 2001. Como competidor foi duas vezes Campeão Master Catarinense e como promotor foi o criador do Surfing Games e do formato Fast Heat.

Para 2022, os Diretores Regionais são Neto Kfouri, pela Região Sul e Juliano Secco, na Região Norte.

A missão dos Diretores Regionais é atender as associações de cada região, visando descentralizar e facilitar as tomadas de decisão em assuntos como, calendário, homologações e uma infinidade de demandas que só podem ser atendidas localmente.

O Diretor Administrativo é Jarbas Soares

A Diretora de Surf Feminino é Karina Abras

O Diretor Técnico Estadual é Flavio Caldas Mello (Bandalha) .

O Diretor Técnico Regional Norte é Erivelton Cristóvão,

O Diretor Técnico Sul é Nelson Mitke ¨Magoo¨;

O Diretor Técnico Extremo Norte é Maikil Schoroeder ¨Balu¨;

O Diretor de Marketing Alexandre Monteiro.

Da união das experiências desses profissionais em cada região, a Fecasurf espera atender a demanda por profissionais de alto gabarito em todas as regiões de Santa Catarina.

O Site Fecasurf continua o mesmo www.fecasurf.com.br, onde os atletas, os organizadores e toda a comunidade do esporte, podem acessar as informações do que está acontecendo na entidade.

Sejam bem vindos,
Boas ondas!

Renato Melo – Presidente
Jordão Bailo Junior – Vice-presidente

 

SEDE FECASURF

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79 – sala 16 – Capoeiras – Florianópolis CEP 88070-220.
Telefone e Fax: (48)
Whatsapp: (48) 99933-2466

Site: www.fecasurf.com.br
E-mail: fecasurf@fecasurf.com.br

CAMPEÕES CATARINENSES PROFISSIONAIS DA FECASURF: desde 1980

  • 2022: José Francisco e Tainá Hinchel (SC)
  • 2021: Matheus Herdy (SC) e Tainá Hinckel (SC)
  • 2020: Ian Gouveia (PE) em 1 etapa virtual pela internet
  • 2019: Luan Wood (SC)
  • 2018: Uriel Sposaro (SC)
  • 2017: Caetano Vargas (PR) bicampeão
  • 2016: Caetano Vargas (PR)
  • 2015: André Moi (SC)
  • 2014: Marco Giorgi (URU)
  • 2013: Tomas Hermes (SC) bicampeão
  • 2012: Yuri Gonçalves (SC)
  • 2011: Tiago Bianchini (SC)
  • 2010: Tomas Hermes (SC)
  • 2009: Tânio Barreto (AL)
  • 2008: Marco Polo (SC) bicampeão
  • 2007: Marco Polo (SC)
  • 2006: Diego Rosa (SC) bicampeão
  • 2005: Jean da Silva (SC)
  • 2004: Diego Rosa (SC)
  • 2003: Raphael Becker (SC)
  • 2002: Neco Padaratz (SC)
  • 2001: Fabio Carvalho (SC) bicampeão
  • 2000: James Santos (SC) bicampeão
  • 1999: Guga Arruda (SC) bicampeão
  • 1998: Teco Padaratz (SC)
  • 1997: Luli Pereira (SC)
  • 1996: James Santos (SC)
  • 1995: Guga Arruda (SC)
  • 1994: Junior Maciel (SC)
  • 1993: Fabio Carvalho (SC)
  • 1992: Carlos Santos (SC)
  • 1991: não houve circuito
  • 1990: Saulo Lyra (SC)
  • 1989: Ivan Junkes (SC) bicampeão
  • 1988: Icaro Cavalheiro (SC)
  • 1987: Ivan Junkes (SC)
  • 1986: Luiz Neguinho (SC)
  • 1985: Waldemar “Bilo” Wetter (SC)
  • 1984: David Husadel (SC) tricampeão
  • 1983: David Husadel (SC) bicampeão
  • 1982: David Husadel (SC)
  • 1981: Bita Pereira (SC)
  • 1980: Roberto Lima (SC)