Início » Quartas de Final do CBSurf Imbituba Prime são definidas no mar clássico do sábado na Praia da Vila

Quartas de Final do CBSurf Imbituba Prime são definidas no mar clássico do sábado na Praia da Vila

por fecasurf
0 comente

Novos recordes foram registrados nas ondas de 8-10 pés e a previsão é de que estarão ainda maiores no domingo decisivo da primeira etapa Prime da Taça Brasil

Mateus Navarro (SC)
(Marcio David / Fecasurf)

Luiz Mendes (SC)
(Marcio David / Fecasurf)

Cauã Costa (CE)
(Marcio David / Fecasurf)

Luel Felipe (PE)
(Marcio David / Fecasurf)

Ian Gouveia (PE)
(Marcio David / Fecasurf)

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR MAIS FOTOS DO SÁBADO

A Praia da Vila mostrou porque é um dos maiores palcos do surfe no país, bombando altas ondas com direitas e esquerdas de 8-10 pés para definir as quartas de final do CBSurf Imbituba Prime apresentado pela Prefeitura da Capital Nacional da Baleia Franca. O Sol e o público que compareceu em massa para assistir ao show dos surfistas desafiando o mar clássico do sábado, completaram o cenário perfeito para o sucesso de um campeonato de surfe. A previsão é de ondas ainda maiores no domingo decisivo, com as quartas de final começando às 8h00, ao vivo de Imbituba pelo www.fecasurf.com.br e Cbsurf.org.br.

CBSurf Imbituba Prime está fechando com chave de ouro, essa série de três eventos seguidos do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Surf em Santa Catarina. Nas condições épicas do mar no sábado na Praia da Vila, novos recordes foram registrados durante todo o dia. Desde a primeira bateria, quando Ian Gouveia, vice-campeão da etapa encerrada no domingo passado em Florianópolis, somou 15,00 pontos com notas 8,00 e 7,00. Ian depois venceu o confronto que abriu as oitavas de final no sábado, com o carioca Leandro Bastos passando junto com ele na primeira batalha por vagas para o domingo final.

“O mar tá muito irado, tem altas ondas com 8 pés sólidos ali dentro agora de tarde”, destacou Ian Gouveia. “Me lembrou muito Haleiwa (no Havaí) e eu tava até com o equipamento errado. Eu queria estar com uma prancha maior, mas, mesmo assim, eu consegui achar boas ondas, me divertir e é muito irado competir num evento com essas condições. Amanhã (domingo) promete ficar assim, um pouco maior até, então acho que vou atrás de uma prancha maior em algum lugar, para encarar o que vem aí no domingo”.

O filho do grande ídolo do surfe brasileiro, Fabio Gouveia, vem competindo desde a primeira bateria da triagem do CBSurf Imbituba Prime na quinta-feira e vai abrir as quartas de final no domingo, às 8h00 na Praia da Vila. Ian Gouveia vai enfrentar os paulistas Renan Peres e Cauã Gonçalves e o potiguar campeão panamericano de 2022, Mateus Sena. Na segunda bateria, entra o pernambucano Luel Felipe, com o cearense Cauã Costa, o carioca Leandro Bastos e o paulista Pedro Dib.

Na chave de baixo, que vai apontar mais dois finalistas, está o único catarinense classificado para as quartas de final, Luiz Mendes, com os paulistas Hizunomê Bettero e Alex Ribeiro e o cearense Glauciano Rodrigues. E as duas últimas vagas para as semifinais do CBSurf Imbituba Prime, serão disputadas pelo carioca Lucas Silveira, vencedor do CBSurf Floripa Pro na Praia Mole, os paulistas Gabriel Klaussner e Ryan Kainalo e o pernambucano Gabriel Farias.

DESTAQUE DO DIA – Um dos destaques nas grandes ondas do sábado na Praia da Vila, foi o cearense Cauã Costa, que mora no Rio de Janeiro. Ele mostrou a potência do seu backside, atacando uma esquerda da série com batidas verticais e grandes rasgadas, que arrancaram nota 9,50 dos juízes, a maior do campeonato. Nessa quarta bateria do dia, Cauã Costa também registrou um novo recorde de 16,43 pontos no CBSurf Imbituba Prime.

Nas oitavas de final, quando as condições do mar estavam mais desafiadoras, com a Praia da Vila bombando esquerdas e direitas com 8-10 pés e séries maiores, Cauã Costa só pegou duas ondas. Mas, foram muito bem surfadas novamente. O cearense aumentou sua própria marca para 16,57 pontos, somando notas 8,50 e 8,07 contra o paulista Renan Peres, o paranaense Lucas Catapam e o pernambucano Luan Ferreyra.

“Estou muito feliz por estar conseguindo me encaixar nesse mar”, disse Cauã Costa. “Está um pouco difícil, muito grande, condições realmente pesadas, mas estou pegando boas ondas, fazendo meu surfe e passando as baterias, então estou amarradão. Essa é a minha primeira vez aqui na Praia da Vila e, com certeza, é uma das melhores ondas do Brasil. Fiquei treinando os primeiros dias em altas valinhas, num mar animal e hoje (sábado) tá muito irado”.

NOVOS LÍDERES – No sábado, estrearam os principais cabeças de chave do CBSurf Imbituba Prime, os mais bem colocados nos rankings da Federação Catarinense de Surf e da Taça Brasil. A etapa de Imbituba é a primeira com status “Prime” da divisão de acesso do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Surf. É a que oferece a maior premiação e pontuação deste circuito, 120.000 Reais e 8.000 pontos. Os resultados das oitavas de final definiram novos líderes nos dois rankings, o catarinense Matheus Navarro e o pernambucano Luel Felipe.

A batalha pela moto Yamaha da Motostore, que a FECASURF está premiando os campeões catarinenses profissionais de 2022, começou com o primeiro e segundo colocados no ranking sendo eliminados em suas estreias no CBSurf Imbituba Pro, José Francisco e o imbitubense Walley Guimarães, respectivamente. O caminho ficou livre para Matheus Navarro recuperar a liderança perdida em São Francisco do Sul e surfou muito bem as ondas pesadas da Praia da Vila. Ele destruiu uma esquerda que valeu 8,83 e uma direita que os juízes deram 7,83.

Com estas notas, Matheus Navarro atingiu 16,66 pontos, ultrapassando os recordes de Cauã Costa, 16,57 e 16,43 nas duas baterias que disputou no sábado. Nas oitavas de final, Matheus só surfou uma onda boa e ganhou a maior nota da bateria, 8,00. Ele não conseguiu passar para as quartas de final, mas a 17.a colocação no CBSurf Imbituba Prime foi suficiente para reassumir a ponta do ranking, ultrapassando José Francisco e Walley Guimarães.

“O bicho tá pegando no ranking catarinense e eu estou aí na batalha”, disse Matheus Navarro. “É muito legal voltar a ter várias etapas do circuito estadual, o líder tá mudando em cada etapa e a Vila é um dos templos do surfe brasileiro. Graças a Deus, voltou a ter um evento grande aqui, depois de muitos anos (11). Muitos surfistas que estão aqui, essa molecada nova, nem conheciam essa onda ainda e estou muito feliz por estar aqui, competindo de novo nessa onda, que é uma das melhores do país certamente”.

ÚNICO CATARINENSE – Essa bateria das oitavas de final que Matheus Navarro acabou eliminado junto com o paranaense Peterson Crisanto, foi vencida pelo jovem Luiz Mendes. Ele foi o único catarinense a passar para as quartas de final do CBSurf Imbituba Prime e gosta de competir em condições desafiadoras, como as do sábado na Praia da Vila. Os paulistas são maioria entre os classificados para o domingo, com 7 surfistas. Também seguem na briga pelo título do primeiro “Prime” da Taça Brasil, 3 pernambucanos, dois cariocas, dois cearenses e um surfista do Rio Grande do Norte, o campeão panamericano de 2022, Mateus Sena.

“Aqui já foi palco do CT e essa onda está clássica hoje. Ao mesmo tempo, ela é muito volumosa, muito difícil de surfar, a remada pra entrar nela é muito difícil, mas é o mar que eu gosto pra caramba de surfar”, disse Luiz Mendes. “Amanhã (domingo) deve estar maior ainda e é bom mesmo que esteja até o dobro de hoje (risos). Eu sou o primeiro catarinense a passar pelas oitavas de final, mas pode escrever aí, eu vou chegar na final (risos)”.

LÍDER DA TAÇA BRASIL – Logo após essa bateria vencida por Luiz Mendes e que barrou o novo líder do ranking catarinense, Matheus Navarro, o número 1 da Taça Brasil também caiu. O carioca Lucas Silveira, campeão do CBSurf Floripa Pro no domingo passado, pegou as melhores ondas para fazer o quarto maior placar na Praia da Vila, 15,57 pontos, com o ex-top da elite do CT, Alex Ribeiro, ganhando a briga pela segunda vaga de Amando Tenorio. Com a derrota do alagoano, o pernambucano Luel Felipe assumiu a ponta do ranking de acesso da CBSurf.

“Eu me amarro em competir em condições assim e há muito tempo eu estava esperando surfar num mar desse jeito”, disse Luel Felipe, após sua segunda vitória no sábado. “Acredito que amanhã (domingo) estará bem grande e vai ficar bonito pra surfar. Graças a Deus, estou conseguindo fazer boas baterias na Taça Brasil e tá irada essa disputa com o Amando Tenório. Ele tá ali na liderança desde a primeira etapa, mas eu espero terminar o ano vencendo essa Taça Brasil”.

CAMPEÃ CATARINENSE – Neste domingo, o CBSurf Imbituba Prime pode decidir o título de campeã catarinense profissional de 2022, que vale uma moto Yamaha da Motostore. A líder invicta do ranking, Tainá Hinckel, que ganhou as três primeiras etapas do Circuito FECASURF Pro, confirma o bicampeonato consecutivo se passar para a grande final na Praia da Vila, ou até se perder em terceiro lugar nas semifinais. Tainá vai disputar a segunda bateria com a paranaense Luara Mandelli e as cearenses Larissa dos Santos e Juliana dos Santos.

Mesmo que termine em último contra essas três surfistas, Tainá Hinckel só não garantirá seu segundo título consecutivo no domingo, se a sua única concorrente, Laura Raupp, for a campeã nesta etapa de Imbituba. Só a vitória dela levará a decisão do título feminino para a Praia da Joaquina, em Florianópolis, onde em novembro será encerrado o Circuito Catarinense Profissional de 2022. Laura está na primeira semifinal com a carioca Julia Duarte, a pernambucana Nicole Santos e a catarinense Alexia Monteiro.

CBSurf Imbituba Prime é uma parceria entre a Prefeitura de Imbituba, Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e VCplay, juntamente com a Associação de Surf de Imbituba (ASI), com homologação da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) e patrocínio da Motostore Yamaha, Fico, Fu-Wax, Surfland, Silverbay, Açaí do Joca Jr, Unifique, Lord e Arena. A competição está sendo transmitida ao vivo pelo www.fecasurf.com.br e Cbsurf.org.br

———————————————————–

Assessoria de Imprensa do CBSurf Imbituba Prime

João Carvalho – JBC Notícias e Assessoria

(48) 999-882-986 – jbcsurfnews@hotmail.com

———————————————————–

PRÓXIMAS BATERIAS DO CBSURF IMBITUBA PRIME:

QUARTAS DE FINAL – 3.o=9.o lugar e 4.o=13.o lugar:

1.a: Ian Gouveia (PE), Mateus Sena (RN), Renan Peres (SP), Cauã Gonçalves (SP)

2.a: Luel Felipe (PE), Cauã Costa (CE), Pedro Dib (SP), Leandro Bastos (RJ)

3.a: Hizunomê Bettero (SP), Alex Ribeiro (SP), Luiz Mendes (SC), Glauciano Rodrigues (CE)

4.a: Lucas Silveira (RJ), Gabriel Klaussner (SP), Ryan Kainalo (SP), Gabriel Farias (PE)

SEMIFINAIS FEMININAS – 3.a=5.o lugar e 4.a=7.o lugar:

1.a: Laura Raupp (SC), Julia Duarte (RJ), Nicole Santos (PE), Alexia Monteiro (SC)

2.a: Tainá Hinckel (SC), Larissa dos Santos (CE), Juliana dos Santos (CE), Luara Mandelli (PR)

RESULTADOS DO SÁBADO NO CBSURF IMBITUBA PRIME:

OITAVAS DE FINAL – 3.o=17.o lugar e 4.o=25.o lugar:

1.a: 1-Ian Gouveia (PE), 2-Leandro Bastos (RJ), 3-Artur Silva (CE), 4-Deyvson Santos (RN)

2.a: 1-Cauã Costa (CE), 2-Renan Peres (SP), 3-Lucas Catapam (PR), 4-Luan Ferreyra (PE)

3.a: 1-Cauã Gonçalves (SP), 2-Pedro Dib (SP), 3-Davi Sobrinho (CE), 4-Israel Junior (RN)

4.a: 1-Luel Felipe (PE), 2-Mateus Sena (RN), 3-Rafael Venuto (CE), 4-Caetano Vargas (SC)

5.a: 1-Luiz Mendes (SC), 2-Ryan Kainalo (SP), 3-Matheus Navarro (SC), 4-Peterson Crisanto (PR)

6.a: 1-Lucas Silveira (RJ), 2-Alex Ribeiro (SP), 3-Amando Tenorio (AL), 4-Felipe Oliveira (SP)

7.a: 1-Hizunomê Bettero (SP), 2-Gabriel Farias (PE), 3-Kaique Oliveira (SC), 4-Kauã Hanson (PB)

8.a: 1-Gabriel Klaussner (SP), 2-Glauciano Rodrigues (CE), 3-Luan Carvalho (SP), 4-Anderson Pikachu (RJ)

TERCEIRA FASE – entrada dos 32 principais cabeças de chave:

—-1.o e 2.o=Oitavas de Final / 3.o=33.o lugar e 4.o=49.o lugar

01: 1-Ian Gouveia (PE), 2-Lucas Catapam (PR), 3-Igor Moraes (SP), 4-Wallace Vasco (SC)

02: 1-Renan Peres (SP), 2-Artur Silva (CE), 3-Rafael Teixeira (ES), 4-Alexandre Camargo (CE)

03: 1-Leandro Bastos (RJ), 2-Luan Ferreyra (PE), 3-José Francisco (PB), 4-Lucas Vicente (SC)

04: 1-Cauã Costa (CE), 2-Deyvson Santos (RN), 3-Fellipe Ximenes (SC), 4-Leonardo Barcelos (SC)

05: 1-Pedro Dib (SP), 2-Caetano Vargas (SC), 3-Luciano Brulher (SP), 4-Douglas Silva (PE)

06: 1-Mateus Sena (RN), 2-Israel Junior (RN), 3-Daniel Adisaka (SP), 4-Walley Guimarães (SC)

07: 1-Cauã Gonçalves (SP), 2-Rafael Venuto (CE), 3-Marcos Correa (SP), 4-Vicente Ferreira (RJ)

08: 1-Luel Felipe (PE), 2-Davi Sobrinho (CE), 3-Willian Cardoso (SC), 4-Willyam Feiden (AL)

09: 1-Ryan Kainalo (SP), 2-Amando Tenorio (AL), 3-Marcio Farney (CE), 4-Lucas Pires (RN)

10: 1-Felipe Oliveira (SP), 2-Luiz Mendes (SC), 3-Yuri Gonçalves (SC), 4-Marcos Alves (CE)

11: 1-Matheus Navarro (SC), 2-Lucas Silveira (RJ), 3-Fernando Junior (SP), 4-Bruno Galini (BA)

12: 1-Alex Ribeiro (SP), 2-Peterson Crisanto (PR), 3-Diego Aguiar (SP), 4-Hedieferson Junior (SC)

13: 1-Hizunome Bettero (SP), 2-Luan Carvalho (SP), 3-Luan Wood (SC), 4-Victor Valentim (PR)

14: 1-Anderson Pikachu (RJ), 2-Kauã Hanson (PB), 3-Yan Sondahl (RJ), 4-Flavio Galini (BA)

15: 1-Gabriel Farias (PE), 2-Glauciano Rodrigues (CE), 3-Lucas Bezerra (CE), 4-Ricardo Kjellin (RS)

16: 1-Gabriel Klaussner (SP), 2-Kaique Oliveira (SC), 3-Messias Felix (CE), 4-Jonatha Santos (RN)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00