quarta-feira, abril 17, 2024
Início » SOMOS TODOS LEO!!! A FECASURF TAMBÉM!!!

SOMOS TODOS LEO!!! A FECASURF TAMBÉM!!!

por fecasurf
0 comente

Final internacional do Rip Curl Grom Search tem abertura nesta terça-feira (2/4).

Um dos brasileiros na final internacional do Rip Curl Grom Search, o catarinense de Imbituba, Leonardo Barcelos, chegou antecipadamente para treinar nas ondas de Maresias, palco da decisão. Foto: Aleko Stergiou.

Com a “janela” de espera pelas melhores ondas valendo a partir desta quarta-feira (3/4), a Final Internacional do Rip Curl Grom Search 2017 começa oficialmente nesta terça-feira (2/4), com uma cerimônia de abertura que reunirá 16 surfistas de oito países e o anfitrião Gabriel Medina.

O evento está marcado para 16 horas no Coconut’s Maresias Hotel, onde todos os participantes ficarão hospedados durante a realização das disputas e atividades extras.

 

1275x850

Gabriel Medina estará na abertura do evento. Foto: Aleko Stergiou.

Uma hora antes, Medina receberá a imprensa e os próprios atletas no Instituto Gabriel Medina (IGM), parceiro oficial do campeonato e que servirá como um dos palcos para as disputas. Ele concede entrevista coletiva para falar do início da carreira, quando já levantou esse troféu, em 2010, na Austrália, e de seu futuro.
Realizada anualmente em algum lugar do Mundo, a competição para surfistas Sub 16 será disputada pela segunda vez no Brasil, novamente em Maresias, “casa” do primeiro brasileiro campeão mundial de surfe. Grandes nomes já disputaram esse título e a galeria de campeões mostra que o evento realmente é um descobridor de talentos. Os irmãos Owen e Tyler Wright (atual campeã mundial do WCT) são exemplos.
Além de Medina, o Brasil já garantiu o caneco com Samuel Pupo, que também é de Maresias, competindo “em casa”, em 2015. Nesta edição, serão quatro brasileiros tentando as vitórias no masculino e feminino.

O catarinense de Imbituba, Leonardo Barcelos, e a paulista de Guarujá, Louisie Frumento, campeões do Rip Curl Grom Search Brasil no ano passado, além de dois “wild cards” definidos entre os atletas do IGM, conforme definiu a Rip Curl internacional.

 

Leonardo Barcelos veste a camisa da FECASURF!!! Vamos todos torcer por ele!!!

Fonte: Site Waves.

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

Federação Catarinense de Surf
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00