DEFINIDAS AS FINAIS MASTER E KAHUNA NO CBSURF MASTER TOUR NAVEGANTES.

Flavio Moraes RJ. Foto Brocolis Photos 1024x574 1

Flávio Moraes (RJ) Foto Brócolis Photo

Definidos os finalistas da Master e Kahuna neste sábado, durante o penúltimo dia do CBSurf Master Tour 2024 – Navegantes 50 anos de Surf, que termina neste domingo com as finais das cinco categorias em disputa.  

As ondas se mantiveram na faixa de 0,5 metro com formação irregular em frente à nova praça Central de Navegantes(SC) neste terceiro dia do CBSurf Master Tour 2024 – Navegantes 50 anos de Surf.

A competição abriu o sábado com as três baterias restantes do primeiro round da Gran-Kahuna (50+) que não foram pra água na sexta-feira, devido ao mau tempo.

Na sequencia a Master (35+) abriu as quartas de final entre todas as categorias. Logo na primeira bateria o catarinense Jefferson Duarte surfou uma direita excelente que lhe valeu 8.0 pontos e a vitória.

Na bateria seguinte outro catarinense veio forte na disputa, fazendo a maior nota e o maior somatório do evento.

 Com cinco batidas “linkadas” de backside, o imbitubense Moa Soares (SC) marcou 9.50 pts, e de quebra fez 8.17 em sua segunda apresentação. Ele estabeleceu os recordes da prova até o momento com o somatório de 17.67 pts.

Fiz três cirurgias no joelho, estou na fisioterapia e tenho feito um trabalho de fortalecimento muscular. Não está fácil, mas acredito em Deus e me sinto preparado agora. Mentalizei bastante durante a bateria e as ondas vieram” disse Moa Soares após a classificação para a semifinal.

O campeão brasileiro de 2023 Péricles Dimitri (PR) se classificou em segundo atrás do catarinense Jussemir Júnior no terceiro confronto. Na quarta e última bateria desta fase o catarinense Diego Rosa venceu a disputa com o paulista Douglas Noronha avançando em segundo lugar.

Quartas de final Gran-Master (40+)

A categoria seguinte abriu com a vitória de Junior Rocha (RN) seguido do experiente Gilmar Silva (SP), que quase sofreu a virada de Klinger Peixoto (AL) em sua última tentativa.

No segundo confronto desta fase, Sidnei Oliveira (SP) venceu a disputa com o recordista de nota e média do evento Moa Soares (SC) se classificando em segundo. O campeão de 2023 Flávio Moraes (RJ) também se deu bem e levou a terceira bateria, com o catarinense Jussemir Junior confirmando a segunda colocação.

Na disputa que fechou esse segundo round Gran-Master, a vitória do foi do baiano Wallace Sampaio com Jorge Correa em segundo, ambos classificados para as semifinais de domingo.

Quartas de final Kahuna (45+)

Mais quatro baterias dessa fase definiram os oito semifinalistas da Kahuna neste sábado. No primeiro confronto o baiano Jerônimo Bomfim foi preciso em sua escolha de ondas para somar 13.33 pts e vencer a disputa. O cabofriense Alan Toledo (RJ) ficou com a segunda vaga.

O maranhense Flávio Marao também chegou aos dois dígitos no seu somatório (10.84 pts) para avançar em primeiro, com Klinger Peixoto (AL) em segundo. Márcio Veiga(PR) liderou do início ao fim e venceu o terceiro confronto, deixando Júnior Rocha (RN) em segundo.

Paulo Holly (SP) fechou as quartas-de-final da Kahuna vencendo Adriano Lemos (SC) por uma pequena diferença, com ambos avançando de fase.

        Quartas de final Legends (55+)

A terceira categoria a definir os semifinalistas neste sábado foi a Legends, e quem levou a melhor na primeira bateria foi o pernambucano Júnior Farinha, que superou o segundo colocado Willian Diegues (SP) por apenas 0,4 décimos.

Na segunda disputa Armando Maciel (SC) venceu o confronto, marcando novamente a maior média da categoria (10.23 pts). Jojó de Olivença (SP) se classificou em segundo.

Gabriel Macedo (BA) e Cardoso Júnior (CE) fizeram a dobradinha nordestina na terceira bateria e avançaram na primeira e segunda colocação respectivamente.  

Numa bateria disputada até os últimos segundos, o paulista Edson Vieira venceu com Rubens Farias (SC) assumindo a segunda colocação nos minutos finais, virando o resultado em cima de Petronio Lucas (SP).

      Quartas de final Gran-Kahuna (50 +)

Fechando as quartas de final de todas as categorias programadas para este sábado, Jojó de Olivença (SP) dominou a primeira bateria Gran-Kahuna desta fase, deixando Rodrigo Jorge (RN) em segundo lugar.

Na disputa seguinte o cearense Rogério Dantas venceu o confronto com o melhor somatório desta rodada (11.94 pts). Classificado na segunda colocação ficou Guga Arruda (SC).

Silvério Jorge (SC) se deu bem surfando as melhores ondas da terceira bateria para se classificar em primeiro, com Marcelo Alves (BA) na segunda posição.

Fechando as quartas de final da Gran-Kahuna, Adriano Naninha (CE) (1º) e Edson Vieira (SP) (2º) se garantiram na semifinal, após avançarem em uma bateria difícil contra Sandro Rhoden (SC) e Ayrton Almeida (PE).

Semifinais do CBSurf Master Tour 2024 em Navegantes(SC)

A competição entrou em seu momento decisivo ainda neste sábado, com o início das semifinais da primeira etapa do CBSurf Master Tour 2024.

Master abriu as disputas com Júnior Rocha (RN) liderando boa parte da primeira semifinal. Nos últimos cinco minutos Jussemir Junior reagiu após marcar 3.83 e 6.43 em duas ondas seguidas para sair da quarta para a primeira colocação.

Júnior Rocha (RN) caiu para a segunda colocação. Jefferson Duarte buscou a virada mas não conseguiu, ficando em terceiro com Douglas Noronha (SP) caindo de segundo para a quarta posição.

Comecei a bateria escolhendo mal minhas primeiras ondas. Respirei fundo, resetei a máquina e me conectei com o mar para achar duas ondas salvadoras no finalzinho” disse aliviado Jussemir Junior após a bateria.

A segunda semifinal começou bem para Diego Rosa (SC). Ele abriu a disputa com 5.0 pontos e liderou a bateria desde o início, trocando suas notas em sequencia. Ele venceu a disputa e se garantiu na final, junto com o campeão do circuito 2023 Péricles Dimitri (PR) na segunda posição.

Semifinais Kahuna ( 45+)

As duas últimas baterias do sábado definiram os finalistas da categoria Kahuna. Na primeira semi Adriano Lemos (SC) se classificou em primeiro seguido de Klinger Peixoto (AL) para a final de domingo.

Júnior Rocha (RN) venceu a outra semifinal com o somatório de 8.97, deixando Flávio Marao(MA) em segundo, após o maranhense virar o resultado em cima de Alan Toledo (RJ) nos minutos finais.

Cronograma de Domingo (07/04)- Semifinais e finais

A primeira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 – Navegantes 50 anos de Surf – apresentado pela Prefeitura de Navegantes e Fundação Municipal de Esportes retorna neste domingo, último dia de competição, a partir das 7:30 da manhã, com as semifinais da Gran-Kahuna (45 +), Gran-Master(40+)  e Legends (50+) em sequencia.

 As finais estão previstas para começar às 9:30 hs com a Kahuna(45+), Gran-Kahuna (50+), Legends (55+), Gran-Master (40+) e Master (35+). Cronograma sujeito a alteração.

A competição será transmitida ao vivo pela internet no Canal CBSurfPLAY e no site cbsurf.org.br .

CBSurf Master Tour 2024 – Navegantes 50 anos de Surf

Realização: Confederação Brasileira de Surf – CBSurf
Patrocínio: Prefeitura Municipal de Navegantes(SC) e Fundação Municipal de Esportes.
Apoio: Fu-Wax, Surfland Brasil, Navega Beach, Samoa Brasil, MB Marketing Esportivo, D’Vicz Sorvetes e SN Internet.
Homologação: CBSurf, Fecasurf e Associação Navegantes Surf Clube.

Finais definidas para este domingo:

Master (35 +)
Jussemir Junior (SC), Diego Rosa (SC), Júnior Rocha (RN) e Péricles Dimitri (PR)

Kahuna (45+)
Klinger Peixoto (AL), Adriano Lemos (SC),Júnior Rocha (RN) e Flávio Marao (MA).

Por: João Lopes
prime.press07@gmail.com 

————————————————
Siga o nosso Instagram: @cbsurfoficial
Inscreva-se em nosso canal do YouTube: CBSurfPLAY
Siga o nosso TikTok: @cbsurfoficial
Siga a gente no Twitter (X): cbsurf_oficial
Confira o calendário CBSurf 2024 atualizado: CALENDÁRIO
————————————————

Diretoria de Mídia e Comunicação da Confederação Brasileira de Surf – CBSurf
comunicacao@cbsurf.org.br

Sobre a CBSurf   

Reconhecida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e também pela ISA (International Surf Association), a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) é a entidade nacional de administração do surf e de todas as atividades relacionadas aos esportes com pranchas, como definido no Estatuto da CBSurf. A entidade foi originalmente fundada em 17 de outubro de 1998 e conta com 15 federações estaduais filiadas. A sede atual está situada na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, tendo como presidente Flavio Padaratz e como vice-presidentes Paulo Moura e Brigitte Mayer, eleitos em fevereiro de 2022.

A CBSurf tem como missão desenvolver, produzir, chancelar e organizar o Dream Tour e a Taça Brasil, que compõem o Campeonato Brasileiro de Surf, o Circuito Brasileiro do Surf de Base, o Circuito Brasileiro de Ondas Grandes, o Circuito Brasileiro de Longboard, o Circuito Brasileiro Master, o Circuito Brasileiro de Stand Up Paddle (Race, Wave, Sprint e Paddleboard) e o Campeonato Brasileiro de Parasurf. Todos, nas categorias masculina e feminina. Acompanhando o enorme sucesso do surf brasileiro, tanto no Circuito Mundial, com seis títulos mundiais nos últimos nove anos, quanto na Olimpíada do Japão, com a conquista da inédita medalha de ouro na estreia do surf, uma nova gestão feita por ex-competidores da elite mundial e pelos melhores profissionais do surf brasileiro, a CBSurf tem, como valor principal, promover e desenvolver a criação de ídolos nacionais, e consolidar as carreiras dos atletas de todas as categorias, inclusive das profissões que gravitam em torno das competições, trazendo dignidade pra toda a comunidade do surf brasileiro. Em 2023, o Dream Tour estabelecerá um padrão e patamar inédito e histórico em todo o mundo.

IMAGENS DO DIA 3

Moa Soares(SC) Foto Brocolis Photos

Marcio Veiga (PR) Foto Brócolis Photos

Klinger Peixoto(AL) Foto Brócolis Photos

Jussemir Junior(SC) Foto Brócolis Photos

Júnior Rocha(RN) Foto Brócolis Photos

Jojó de Olivença (SP) Foto Brócolis Photos

Jefferson Duarte(SC) Foto Brócolis Photos

Flávio Moraes (RJ) Foto Brócolis Photos

Flávio Marao (MA) Foto Brócolis Photos

CBSurf Mster Tour 2024 Foto Brócolis Photos

Related posts

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA FECASURF

ASI anuncia Imbitubense de Surf 2024

Ondas excelentes marcam a abertura do Circuito Surf Talentos Oceano 2024     O Circuito Surf Talentos Oceano 2024 começou da melhor forma possível, com tempo bom e altas ondas nos dois dias de competição na Capital Catarinense do Surf.