Início » SELEÇÕES ESTADUAIS JÁ ESTÃO ESCALADAS PARA A ESTREIA DO CBSURF RIP CURL GROM SEARCH 2023 EM IPOJUCA

SELEÇÕES ESTADUAIS JÁ ESTÃO ESCALADAS PARA A ESTREIA DO CBSURF RIP CURL GROM SEARCH 2023 EM IPOJUCA

A Cerimônia de Abertura com os times perfilados para o hasteamento da Bandeira do Brasil ao som do Hino Nacional, acontece nesta quinta-feira às 8h00 na Praia do Borete.

por fecasurf
0 comente
Cartaz do Evento
(Divulgação)

As seleções das 15 Federações Estaduais filiadas à Confederação Brasileira de Surf, já estão escaladas para estrear no Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search 2023, que começa nesta quinta-feira e vai até domingo na Praia do Borete, em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, em Pernambuco. Uma nova geração de surfistas com até 18 anos de idade, vai competir no evento que é “Muito mais que um Campeonato de Surf”. A competição será transmitida ao vivo pelo canal CBSurfPLAY no YouTube e pelo site da Rip Curl – www.ripcurl.com.br.

Uma Cerimônia de Abertura especial, vai abrir o Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search às 8h00 na quinta-feira. As seleções estaduais uniformizadas, ficam perfiladas para o hasteamento da Bandeira do Brasil ao som do Hino Nacional. Também acontece o Ritual das Areias, antes de começarem os confrontos com os surfistas marcando pontos para o seu estado, conforme o resultado na bateria. O Circuito Brasileiro Surf de Base é uma competição por equipes, com os atletas divididos por idade, em Sub-18, Sub-16, Sub-14 e Sub-12 nas categorias masculina e feminina.

No ano passado, o estado de São Paulo foi o campeão brasileiro por equipes e ganhou quatro títulos individuais, com Ryan Kainalo nas categorias Sub-18 e Sub-16, Kalani Robles na Sub-14 e Carol Bastides na Sub-12. A catarinense Kiany Hyakutake foi a campeã brasileira na Sub-18, Alexia Monteiro ganhou o título da Sub-16 para o Rio Grande do Sul, a paranaense Luara Mandelli venceu o da Sub-14 e Arthur Villar levou o da Sub-12 para o Rio Grande do Norte.

Desta lista, apenas Ryan Kainalo não vai participar da abertura do Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search 2023 nas ondas da Praia do Borete, em Ipojuca. Ele é mais uma revelação desse circuito promovido pela Rip Curl que já está brilhando no Circuito Mundial. Ryan Kainalo é um dos brasileiros classificados para disputar vagas para a elite da World Surf League no Challenger Series 2023, que está sendo iniciado nesta semana na Austrália.

Neste ano, os títulos brasileiros das categorias de base serão disputados em três etapas. Após a abertura da temporada, de quinta-feira a domingo em Pernambuco, o Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search vai promover o segundo desafio dos novos talentos do esporte das ondas nos dias 10 a 13 de agosto no Guarujá (SP). E a última etapa será nos dias 12 a 15 de outubro em Garopaba (SC). Os melhores do ano podem representar o Brasil em competições internacionais, como Panamericanos e Mundiais da ISA (International of Surfing Association).

PROGRAMAÇÃO – A programação para o primeiro dia do Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search é iniciar a categoria Sub-18 às 9h00 na quinta-feira, logo após a cerimônia de abertura. Serão 12 baterias da primeira fase masculina sendo disputadas até as 12h00 e 8 confrontos da rodada inicial feminina rolando das 12h00 às 14h00. Na sequência, acontecem mais 6 baterias da segunda fase masculina e 4 da segunda fase feminina até as 16h30. A sexta-feira ainda começa com mais uma rodada da Sub-18 e o restante do dia fica reservado para a Sub-16.

CBSurf Rip Curl Grom Search é o Circuito de Surf de Base nacional realizado pela Confederação Brasileira de Surf em parceria com a Rip Curl e patrocínio da Silverbay, Brazinco, Teccel, Fu-Wax e Surfland, com esta primeira etapa de 2023 contando também com o importante apoio da Prefeitura Municipal de Ipojuca, Rodas da Liberdade, Pousada Maresia, Bar do Marcão e Federação Pernambucana de Surf. A competição será transmitida ao vivo pelo canal CBSurfPLAY no YouTube e no site oficial da Rip Curl www.ripcurl.com.br.

SELEÇÕES DE 2023 DAS 15 FEDERAÇÕES ESTADUAIS FILIADAS NA CBSURF:

(Ordem pelo ranking brasileiro de equipes de 2022)

1.o- SÃO PAULO: na Sub-18 o Murilo Coura, João Artur, Lukas Camargo, Gabriela Cury e Luana Reis; na Sub-16 o Matheus Neves, Kalani Robles, Lukas Camargo, Luana Reis e Aurora Ribeiro; na Sub-14 o Kalani Robles, Kailani Rennó e Luiza Savoi; na Sub-12 o Vini Palma e a Carol Bastides

2.o- PARANÁ: na Sub-18 o Ryan Coelho, Anuar Chiah, Victor Hugo, Gabriely Vasque e Luara Mandelli; na Sub-16 o Anuar Chiah, Ryan Coelho, Kaua Carvalho, Gabriely Vasque e Luara Mandelli; na Sub-14 o Anuar Chiah, Kaua Carvalho e Isabela Aoto; na Sub-12 o Gabriel Chiah e a Rafaela Aoto

3.o- SANTA CATARINA: na Sub-18 o Esdras Morais, Ryan Martins, Ryan Campos, Alma Corgiolu e Maria Autuori; na Sub-16 o Ryan Martins, Enrico Malhado, Rafael Saito, Luiza Rosa Teixeira e Alma Corgiolu; na Sub-14 o Yuri Gabryel, Enrico Malhado e Luiza Rosa Teixeira; na Sub-12 o Cauã Demski e a Valentina Zanoni

4.o- RIO DE JANEIRO: na Sub-18 o Rickson Falcão, Guilherme Lemos, Rafael Lufty, Paloma Olivero e Aysha Ratto; na Sub-16 o Rickson Falcão, Guilherme Lemos, Pablo Gabriel, Sarah Ozorio e Paloma Olivero; na Sub-14 o Pablo Gabriel, Petrus Dantas e Lanay Thompson; na Sub-12 o Cauã Diniz e a Brenda Moura

5.o- RIO GRANDE DO NORTE: na Sub-18 o Rafael Barbosa, Adauto Sena e Neilton Felix; na Sub-16 o João Ricardo, Bernardo Brizola, Victor Santos, Maria Clara e Marina Cristina; na Sub-14 o Bernardo Brizola, Wagner Oliveira e Maria Clara; na Sub-12 o Arthur Vilar

6.o- BAHIA: na Sub-18 o Gabriel Guerreiro, Rayan Fadul, Gonçalo Brito, Maria Eduarda Cesar e Catarina Lorenzo; na Sub-16 o Miguel Cerqueira, Vitor Gabriel, Gabriel Leal, Maria Eduarda Cesar e Catarina Lorenzo; na Sub-14 o Bernardo Bicalho, Yan Rodrigues e Bianca Costa, na Sub-12 o João Jesus e a Bianca Costa

7.o- PERNAMBUCO: na Sub-18 o Yantuir Duarte, Luan Lapolli e Luan Ferreyra; na Sub-16 o Luan Lapolli, Enrique Neves, Igor Pereira, Raissa Marques e Nalu Demski; na Sub-14 o Lucca Lisboa, Vitor Farias e Raissa Marques; na Sub-12 o Felipe Almeida e a Nalu Demski

8.o- CEARÁ: na Sub-18 o Pedro Rian, Ytalo de Oliveira, Gabriely Queiroz e Vitoria Carneiro; na Sub-16 o Walid Pozier, Italo Alves e Gabriely Queiroz; na Sub-14 o Phellype Silva, Nicolas Silva e Anaelya de Lima; na Sub-12 o Phellype Silva e a Maria Eloa Peixoto

9.o- RIO GRANDE DO SUL: na Sub-18 o João Victor Neres, Ricardo Abel, Victor Midon, Alexia Monteiro e Clarissa Tasca; na Sub-16 o João Victor Neres, Victor Midon, Luigi Wengrover, Alexia Monteiro e Clarissa Tesca; na Sub-14 o Pedro Sommer, Guilherme Penha e Clarissa Tasca; na Sub-12 o Pedro Sommer e a Clarissa Tasca

10.o- ESPÍRITO SANTO: na Sub-18 o Pedro Coutinho, Vinicius Alves e Kauan Climaco; na Sub-16 o Gabriel Lucas, Alexandre Filho e Ian Fiorot; na Sub-14 o Eric Grattz, Noah Sathler e Alice Pitanga; na Sub-12 o Kauai Cogo e a Ana Dagostini

11.o- PARAÍBA: na Sub-18 o Yuri Barros, João Fernando, Iago Januario, Ana Lu Silva e Nicolly Freire; na Sub-16 o Levi da Silva, Pablo Lira e Nicolly Freire; na Sub-14 o Levi da Silva, Iago Bellotti e Nicolly Freire; na Sub-12 só o Iago Bellotti

12.o- MARANHÃO: Gustavo Diniz na Sub-18 e Arthur Victor na Sub-18 na Sub-16

13.o- SERGIPE: Jean Muniz na Sub-18 e Luca Messenger na Sub-14 e Sub-12

14.o- PARÁ: Gustavo Roberto na Sub-18 e na Sub-16

15.o- ALAGOAS: na Sub-18 o Marcos Antonio, Mayla da Silva e Luiza Pereira e na Sub-16 o Vinicius Pontes e João Cristian

PARTICIPANTES QUE NÃO PONTUARÃO PARA SEUS ESTADOS NAS CATEGORIAS:

SUB-18 MASCULINA: Luigi Wengrover (RS), Kaue Carmona (SC), Kaua Carvalho (PR), Kailani Rennó (SP), Matheus Neves (SP), Gabriel Dantas (RJ), Derick Silva (RJ), Felipe Guerreiro (BA), Andrey Vieira (BA), Enrique Neves (PE) e Victor Santos (RN)

SUB-18 FEMININA: Kiany Hyakutake (SC), Maya Carpinelli (SC), Clara Chaves (PR), Maria Beatriz (SP), Aurora Ribeiro (SP), Luany Ribeirinho (SP), Mayara Zampieri (SP), Gabrielle Muntaner (SP), Natalia Gerena (SP), Catarina Baragatti (SP), Luiza Savoi (SP), Marina Suguimoto (SP), Maeva Guastalla (SP) e Sarah Ozorio (RJ)

SUB-16 MASCULINA: Guilherme Penha (RS), Kaue Carmona (SC), Yuri Gabryel (SC), Cristopher Lopes (PR), Caio Okamoto (SP), Kailani Rennó (SP), Gabriel Dantas (RJ), Noah Sathler (ES), Brayan Costa (BA), Isaac Lorente (BA), Ismael Prlatto (PE) e Lucas Barroso (CE)

SUB-16 FEMININA: Maria Autuori (SC), Clara Chaves (PR), Maria Azamor (PR), Maria Beatriz (SP), Gabriela Cury (SP), Catarina Baragatti (SP), Natalia Gerena (SP), Mayara Zampieri (SP), Luiza Savoi (SP), Marina Suguimoto (SP), Maeva Guastalla (SP), Lanay Thompson (RJ) e Aysha Ratto (RJ)

SUB-14 MASCULINA: Lorenzo Souza (RS), Michel Demetrio (SC), Cristopher Lopes (PR), João Vitor (SP), Nicolas Oliveira (SP), Cauã Diniz (RJ), Davi Bastos (BA), Mauy Schmidt (BA) e Arthur Vilar (RN)

SUB-14 FEMININA: Valentina Zanoni (SC), Carol Bastides (SP), Eloah de Souza (RJ), Ana Dagostini (ES) e Marina Cristina (RN)

SUB-12 MASCULINA: Lorenzo Souza (RS), Rian Prieto (SC), Gustavo Wollner (PR), Keoni Rennó (SP), Leo Yagi (SP), Lui da Matta (RJ), Luca Sathler (ES), Numa Lyori (BA), Matheus Amaral (SE), Gabriel Medeiros (PE), Fernando Medina (PB) e Nicolas Silva (CE)

SUB-12 FEMININA: Kaylane Antunes (SC), Kyara Antunes (SC), Paula Stefani (SP), Julia Stefani (SP), Eduarda Stefani (SP), Manuela Medeiros (SP) e Alice Calazans (RJ)

Mais informações, notícias, rankings e calendários podem ser acessados no site oficial da Confederação Brasileira de Surf: CBSurf.org.br

———————————————————–

Siga o nosso Instagram: @cbsurfoficial
Se inscreva em nosso canal do YouTube: CBSurfPLAY
Siga a gente no Twitter: cbsurf_oficial
Confira o calendário CBSurf 2023 atualizado: CALENDÁRIO

———————————————————–

Assessoria de Imprensa da CBSURF – imprensa@cbsurf.org.br
JBC Notícias e Assessoria – João Carvalho
(48) 999-882-986 – jbcsurfnews@hotmail.com

———————————————————–

SOBRE A CBSURF – Reconhecida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e pela ISA (International Surf Association), a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) é a entidade nacional de administração do surf e de todas as atividades relacionadas aos esportes com pranchas, como definido no Estatuto da CBSurf. A entidade foi originalmente fundada em 17 de outubro de 1998 e conta com 15 federações estaduais filiadas. A sede atual está situada na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, tendo como presidente Flavio Padaratz e como vice-presidentes Paulo Moura e Brigitte Mayer, eleitos em fevereiro de 2022. A CBSurf tem como missão desenvolver, produzir, chancelar e organizar o Dream Tour e a Taça Brasil, que compõem o Campeonato Brasileiro de Surf, além dos Circuitos Brasileiros do Surf de Base, de Ondas Grandes, do Longboard, da categoria Master, de Stand Up Paddle (Race, Wave, Sprint e Paddleboard) e o Campeonato Brasileiro de Parasurf, todos nas categorias masculina e feminina. Em 2022, a CBSurf iniciou uma nova gestão feita por ex-competidores da elite mundial e pelos melhores profissionais do surf brasileiro, tendo como valor principal o de promover e desenvolver a criação de ídolos nacionais e consolidar as carreiras dos atletas de todas as categorias, inclusive das profissões que gravitam em torno das competições, trazendo dignidade para toda a comunidade do surf brasileiro. Em 2023, o Dream Tour estabelecerá um padrão e patamar inédito e histórico em todo o mundo.

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00